terça-feira, 2 de junho de 2009

o meu ex era uma bosta nojenta


Há alguns anos tive um namorado pelo qual fui imensamente apaixonada...

Ok eu sei que este blog não é muito dado a romantismos mas eu aqui a papoilinha era doidinha pelo gajo.

Hoje dá-me uma enorme vontade de rir ao pensar no que fiz e nas lágrimas que chorei mas pronto o amor tem razões que a própria razão desconhece!

Esse meu ex não era bonito nem charmoso, era inteligente mas a preguiça que tinha não o deixava por essa capacidade em prática.

Trabalhar era para ele o terror dos terrores pois nunca o fez verdadeiramente nem tão pouco estudar.

Passava então os dias a fumar com os amigos, dormia até que horas lhe apetecia e não tinha quaisquer planos para o futuro!

Durante o tempo que namoramos eu ainda o convenci a ir estudar e trabalhar um pouco, coisa sem grande sucesso porque para ele era um verdadeiro suplício.

Na cama então coitado era a personificação da falta de imaginação, vinha-se passado um minuto e não sabia nada nada das artes da sedução.

E perguntam vocês " porque estávas com ele papoila?"

Porque o amava, porque não conhecia melhor, porque achava que o podia mudar.

Porque acreditava que um sentimento assim consegue mover montanhas.

Treta verdadeira treta.......

Hoje que sou feliz rio de tudo isto e algumas vezes recordo com alguma nostalgia aquele tempo de namoro em que a minha auto-estima caiu a pique...

Mas de todas as situações devemos tirar algo positivo e eu tiro.

Aprendi que não se deve forçar uma relação que não tem pernas nem solidez para continuar.

Devemos ter força e equilíbrio para dizer basta e procurar aquilo que na verdade nos satisfaz...

Na minha terra diz-se " homem que não é para trabalhar, também não é para comer!

Pois aquele nem para trabalhar nem para comer e muito menos para foder!

beijos doces da vossá papoila

17 comentários:

Mister Peter disse...

Quando amamos alguém, damos por nós a ter vontade de mudar algumas coisas em nós, para agradarmos à outra pessoa. Isto é diferente de por amarmos alguém, acharmos que vamos conseguir mudar essa pessoa ou que ela irá fazê-lo por nós.

Talvez ele não te amasse. Talvez pensasse que sim e não soubesse o que era o amor.

Podias ter ficado pelo "homem que não é para trabalhar, também não é para comer". A verdade é que ele não sabia comer-te em condições.

Papoila e Tulipa disse...

na verdade ele era infantil de mais para saber amar ou o que isso pode significar.
Tentar mudá-lo tentei sim mas para bem dele não para o meu.
Tanto que continua um parasita desgraçado e depois de mim não teve ninguém lol
Do que me livrei na verdade.
quanto a saber comer alguém lol não sabe nem a mim e duvido q saiba outras.
beijinhos papoila

Mister Peter disse...

A questão é que nunca se consegue mudar a essência de outra pessoa. Pelo que escreveste parece-me que os problemas deles residiam aí: na essência do que ele era.

Quem perdeu foi ele, certo?

Só há uma coisa chata, que me lembrei agora: raramente este tipo de pessoas acabam emparelhada com alguém semelhante a si. Isso é que é chato, pois muitas vezes "estragam-se duas casas", quando podia "estragar-se só uma".

Beijinhos para ti também.

S* disse...

Estou a ver que a preguiça do gajo também chegava à cama. No way baby! No way!

S* disse...

Estou a ver que a preguiça do gajo também chegava à cama. No way baby! No way!

Mokas disse...

de facto... quando estamos nas situações por vezes é dificil ver de fora e verificar que aquilo tudo não tem senso... e daí... tlvz tenha na altura.
Há coisas pelas quais temos que passar para valorizar outras depois... para crescer.. para aprender...

Godfather disse...

Paraiso das Ninfas... Inferno dos Homens? será assim? eu concordaria a mudança para "O Paraiso" se questionado o porque bastaria dizer, é habitado por duas Ninfas. Ficaria logo ali explicado...lol. Estou de visita pela 1ºvez, e vim logo ambientar-me ao terreno, ver as vistas, e meter a foice em terreno alheio...:)
Parabens e nos veremos em Post futuros!

Papoila e Tulipa disse...

Mister Peter; :
Tens toda mas toda a razão, é por isso que eu aqui a papoila deu o basta! aquilo andava a tornar-se em algo que me estava a fazer muito mas muito mal...
Quanto a ele duvido que se emparelhe com alguém e que tal coisa tenha sucesso.
é egoísta de mais para ser capaz de pensar nas necessidades de uma companheira vive demasiado para a farra porque tem um burro que trabalha para o sustentar.
lol e repito do q me livrei!
beijinhos!

Papoila e Tulipa disse...

S. aquilo tinha preguiça para tudo era mesmo um estupor!
lol coitado dele e de quem tem que o aturar...

Papoila e Tulipa disse...

Mokkas se cresci e como cresci!
aprendi e aprendi muito.
beijos

Papoila e Tulipa disse...

God father defina como quiser este blog que seja então um paraíso para quem aqui quiser passear.
kiss

Mister Peter disse...

Então e quando é que sai o próximo post? Começaram com tanto tesão e agora o gás foi-se todo?

Papoila e Tulipa disse...

Mister Peter,
Nunca nos falta o tesão, a pedalada deles é que é pouca ;)

Volte sempre!!

Swadharma disse...

Wow... é feio falar de quem não está para se defender!

Papoila e Tulipa disse...

Swadharma, acho que ele leu isto....
Para além de que ele se quiser que venha se defender se bem que ja viria tarde lol tempo para tal naquela altura não lhe faltou agora não vale a pena
beijos

Anónimo disse...

Só é pena que não te apercebas que não será manipulando e chupando a energia dos outros que eles alguma vez se puderão libertar da dor que imagino seria amar uma pessoa como tu. Sem mais comentários. Cumprimentos a todos os frustrados que precisam constantemente de apontar os outros para esquecer a sua própria miséria. Tenho dito. Importante mesmo é que todos saiam de consciência tranquila. Não é?

Papoila e Tulipa disse...

caro anónimo em primeiro lugar seria bom que se identificasse...
segundo não fale do que não sabe.
Se tem frustrações faça favor de se chicotear para as descarregar porque aqui nós somos mais do que amadas....
quanto a erros do passado quem não os comete.